NOTA DE REPÚDIO: Sindsul emite nota direcionada à secretária de educação de Vilhena

dsc_0054Agindo de forma ditadora, a secretária de educação do município de Vilhena, enviou na manhã desta sexta-feira, 16 de junho, ao Sindsul (Sindicato dos Servidores Municipais do Cone Sul de Rondônia), um documento que impede a associação de visitar as escolas do município.

A celeuma teve início na última quarta-feira, 14, quando representantes do Sindsul se dirigiram até cinco instituições de ensino na cidade, para entregar um documento, assinado pelo presidente Wanderley Ricardo Campos, onde era informado que o Sindicato faria visitas e reuniões com os servidores de tais locais. Em uma delas, foi dito aos sindicalistas que a secretária não havia autorizado o recebimento do documento. Outra instituição de ensino, apesar de ter recebido a notificação, entrou em contato através de ligação telefônica com o Sindicato logo em seguida, cancelando a visita.

O documento enviado (foto) ao Sindsul pela Semed e assinado por Raquel Donadon, diz que é impossível que o Sindicato realize reuniões dentro das escolas e indica que e Sindicato as faça dentro de suas próprias instalações.

Wanderley classificou como arbitrária a atitude da secretária e declarou que irá convocar os representantes das escolas e diretores para que seja tomada uma atitude a respeito do caso.

Assessoria Sindsul

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA